Vila Nova de Gaia, 14 a 15 de Julho de 2007

Data e hora estavam marcadas
Francelos era a estação
a viagem seria até Espinho
e fomos no "Quim" com emoção!

A temperatura estava amena,
o ceu enublado
Espinho sem escuridão
estava ao rubro, iluminado!

Começamos (quase) à meia noite
numa leve pedalada
quando entrámos no passadiço
começou a caminhada...

Não éramos muitos,
nem sei bem quantos contar
mas a fotografia da praxe
Decerto nos vai ajudar

Espinho ainda rendeu
muitas luzes "no ar"
a seguir veio Granja,
Aguda e Miramar

Nos entretantos um episódio
que merece descrição
o passadiço estava fechado
com um "singelo" e feio portão

Mal se tocou no objecto
desmantelou-se totalmente
o securita a "mandar vir"
Logo vi: estava carente!

Ainda abalou o nosso ritmo
mas depressa se retomou
havia uma meta a alcançar
e nem o securita a transtornou!

A combinação céu e mar
continuava de arrasar
aquela noite surpreendente
estava quente, sem luar...

Pelos lados de Miramar
(como muitos disseram) vimos a luz do Senhor
Lá no mar iluminada
A Igreja da Pedra, no seu esplendor!

Alguns entusiasmaram-se
E subiram a escadaria
De repente ficou mais frio
Não sei se foi (mesmo) bruxaria… ;)

Chegamos duas e pico
Toca a descansar a perninha
Uns molharam o pé a ouvir karaoke
Outros falavam debaixo da morrinha...

Em suma uma noite diferente,
Espectacular, serena, saudável
Decerto nas nossas cabeças
Um pensamento: Admirável!