Geres, 28 Janeiro 2006

Errante caminheiros e Dignissimos Domingueiros.
Eis chegada a altura de, em pouca linhas, relatar a nossa caminhda às Minas dos Carris. Pois, porque para o Pico da Nevosa ficaram a faltar apenas 4 km, ohhhhhhhhhhhhhhhh!
Nem tudo foi mau, já que tivemos a companhia incesante, da NEVE.
Havia quem disse-se (e esperasse) que ia nevar, essas pessoas ja jogaram no Euromilhoes??
De regresso ao dia 28/01/2006, 7h30 da manha, os primeiros elementos do Grupo (não organizado!! :) ) começam a chegar ao ponto de encontro, todos equipados para o frio e com cara de sono (áquela hora e num sábado), animação em alta, previa-se um dia duro e com algum frio. Chegada á Portela do Homem dos elementos do Grupo que iam iniciar aventura de chegar ao Pico da Nevosa.
Meia Hora de caminhada e os primeiros flocos de neve começam a cair, agitação no grupo (havia que nunca tinha visto nevar!), passado algum tempo os flocos de neve decidem cair com mais intensidade e nunca mais pararam. As quedas começam, sem lesões, mas divertidas.
O almoço nas Minas dos Carris foi o mais rápido de sempre, com 5º graus negativos e sem protecção foi vê-los comer e começar a descida.
O pico da Nevosa fica para a próxima, as condições climatéricas não ajudaram.
No final da descida, quem pela primeira vez tinha visto nevar, já estava a ficar um pouco cansada da companhia Branca, eramos uns caminheiros com frio, mas felizes e contentes pelo Grande Dia que tivemos e sem a ajuda do GPS, que estava no Grupo.

Cumprimentos Radicais, até dia 12 de Fevereiro numa actividade perto de ti.